By URL
By Username
By MRSS
Enter a URL of an MRSS feed
 
or

O diretor da revista satírica francesa que desafiou os muçulmanos e publicou charges do profeta Maomé, nesta quarta-feira, defendeu a liberdade de imprensa. Já os líderes islâmicos condenaram a publicação, considerada provocativa.